Presidenciáveis para 2018

pedrotaquesPedro Taques

“Presidenciáveis” para 2018.

Os políticos atualmente citados pela mídia como prováveis candidatos à presidência da república, em 2018, e os que também assim se intitulam, estão muito aquém do desejável para o cargo, e largamente abaixo do mínimo necessário, todos motivando apenas forte rejeição e séria constatação de que “não teremos em quem votar”!

Essa condição vem se intensificando seguidamente, em razão desses nomes, sem exceção, estarem cada vez mais envolvidos em incriminadoras acusações, com graves atribulações políticas e jurídicas, que vem aumentando, devendo “explodir” em 2017, com tudo indicando que realmente não teremos candidato saudável à presidência, em 2018!

Motivado pelas mesmas desilusões e constatações, em 15.11.2015 postei em meu “Face” alguns comentários sobre um político que vinha despontando com algumas características que poderiam qualifica-lo como um bom futuro candidato. Na época declarei; “Na esperança de ‘ter em quem votar’ em 2018, ouso sugerir: vamos ficar “de olho” nessa pessoa; Pedro Taques. Seu Facebook é: https://www.facebook.com/pedrotaques”.

Pois bem, venho mantendo meus “olhos abertos”! E, até agora mantenho a mesma opinião! Considero que ele, José Pedro Gonçalves Taques, ou simplesmente Pedro Taques, vem se mostrando como um provável candidato e, por enquanto, merecendo nossa cuidadosa atenção, considerando a possibilidade de ele conseguir o apoio dos brasileiros!

Pedro Taques, ex PDT, atual PSDB, foi senador e agora é governador do Mato Grosso, eleito em primeiro turno com quase 60% dos votos. Antes de migrar para a política foi advogado e professor universitário, Procurador do Estado de São Paulo, com bom trabalho, segundo declaram, e Procurador da República, quando se destacou por intensificar investigações que, entre outros efeitos, desarticularam quadrilhas que agiam na Amazônia Legal e, também, levaram à prisão o maior bicheiro do Estado do Mato Grosso. Sempre apoiou e defendeu reformas significativas na educação e na saúde pública. A julgar pelas notícias, no atual cargo, de governador, parece que vem fazendo bom trabalho, cumprindo rigorosamente a responsabilidade fiscal, lutando por um Estado melhor e transparente, e respeitando os princípios da justa administração pública, com postura exemplar. Vem sendo reconhecido como correto e altamente coerente em suas propostas e planos, além de inteligente planejador estratégico, sempre mantendo a integridade. Esquiva-se de decisões “políticas” para preencher cargos importantes e decisivos na administração pública, sempre nomeando apenas pessoas tecnicamente capazes. É o que vem sendo comentado e divulgado. Veremos se assim continuará!

Certamente antevendo as péssimas condições e possibilidades dos atuais “presidenciáveis”, acredito que ele mantém aspiração ao cargo, de presidente, fato percebido no organizado uso que vem fazendo das redes sociais, mantendo “discreta” divulgação dos trabalhos que executa no seu Estado, ocorrências que vem sendo criteriosamente intensificadas, em lenta e contínua progressão, permitindo entender que espera que seu nome acabe se insurgindo entre os demais políticos do seu partido. Se ele realmente for “bom”, também espero que aconteça!

Estou acreditando que ele deverá “chegar lá”, como candidato, principalmente em razão das “inviabilizações” e/ou “impugnações” que chegarão às outras candidaturas do seu partido, PSDB! Aécio, Serra, Alckmin, Skaf e outros “espúrios” de vários partidos, certamente serão rigorosamente defenestrados de suas aspirações, por estarem cada vez mais afundados no lamaçal em que se chafurdaram!

Mantendo a esperança de que ele, Pedro Taques, possa vir a ser um bom nome, para que tenhamos ao menos uma opção saudável para o voto, continuarei “de olho” nessa pessoa, sugerindo que todos também o façam!

Destaco que nada tenho “com ele ou para ele”, “contra ou a favor”, ao menos por enquanto! Não o conheço além das citações da mídia. Minha motivação é fulcrada apenas na esperança de termos um candidato aceitável, com boa capacidade e, principalmente, honesto! Reconheço que, entre os nossos “políticos” atuais, manter o desejo de conseguir esse “achado” é quase um “delírio ingênuo e infantil”, mas, não é impossível acontecer. Espero!

Juntos, mantenhamos a “vigilância”!

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP
11.12.2016