Fatos ou Chistes? – Folclore do Tempo da “Esperteza”

Enfatizam como real que, há muitos anos quase “deu polícia” em famoso salão de São Paulo.

Já muito conhecido como “taco forte”, e por isso com dificuldades para conseguir adversário, o ainda jovem “Fantoche” provocou um frequentador para jogar “valendo, com a oferta de; “Jogamos ‘vinte e um’, normal para mim, e para você com as bolas valendo pelo dobro do valor”.

Surpreso e acreditando ter finalmente encontrado o meio de vencer o famoso jogador, muito animado o adversário “topou” o desafio.

Depois de algum tempo, já perdendo muitas partidas, o desafiado finalmente conseguiu encaçapar algumas bolas em sequência, fazendo 20 pontos, para então verificar que estava numa enrascada; se matasse a bola 1 faria 22, “estourando”. Só então percebeu que nunca faria 21, fato impossível com todas as bolas valendo números pares.

Foi confusão tremenda! Afirmam que “quase saiu morte”! E dizem que; “Até hoje o Fantoche afirma que propôs o jogo com a melhor das intenções”. “Mas”, continuam as “más línguas”, “melhor das intenções”? “A favor de quem…?”.

Redação com base no informativo “Sinuca – SP – 07/82”.

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP