Fatos ou Chistes? – Condutas Alternativas

Segundo alguns “doutores” em comportamento humano, especializados em atividades para salões de sinuca, são muitas as maneiras de você melhorar a sua performance quando estiver jogando contra aquele adversário particularmente detestado, ou quando orgulho ou dinheiro estiverem envolvidos! Nessas ocasiões lance mão do infalível conjunto de normas alternativas:

  • quando o seu adversário estiver se preparando para jogar, é perfeitamente aceitável ficar exatamente na frente dele, movimentando-se;
  • na situação do inciso “1”, coordene sua ação para acender o cigarro no exato momento em que ele soltar o braço para tocar na bola branca;
  • quando o oponente errar uma bola bastante fácil, balance dramaticamente a cabeça e diga bem alto, para que todos ouçam: “Nossa Senhora…”;
  • após falta do seu adversário, examine longa e atentamente as muitas opções disponíveis para a sua jogada, de várias voltas à mesa para examinar os ângulos possíveis, simule a tacada na posição seguinte e, finalmente, avise ao árbitro que “passa a tacada” e o oponente deverá jogar novamente;
  • naquele momento tenso e crucial da partida, quando o desafeto estiver pronto para jogar, agitada e nervosamente grite o mais alto que puder: “FALTA”. Em seguida use aproximadamente três minutos para discutir esse procedimento com o árbitro;
  • depois de estar pronto para jogar, levante-se e peça ao árbitro para limpar na bola cantada uma sujeira inexistente, insistindo para que repita o serviço “mal feito”. Quando ele estiver prestes a perder a paciência, mude sua cantada e jogue outra bola;
  • quando jogando na sede de clube adversário, com muita segurança e propriedade faça ostensivas críticas, como: “As caçapas não estão no gabarito”; “As tabelas estão murchas!”; “A bola branca é maior que as outras!”; “O pano da mesa é de péssima qualidade!”; “É ultrajante a equipe adversária estar na nossa chave! Seus jogadores são muito fracos!”; e outras que a sua fértil imaginação possa criar.

Advertência: o autor não se responsabiliza por efeitos colaterais, que às vezes originam danos à saúde.

Tradução livre e adaptada da página “Alternative Rules of Snooker”, de paul@presc.u.net.com, também publicada na Revista Bola da Vez, quando comemorou os 20 anos de atividades da Federação Paulista de Sinuca e Bilhar.

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP