Henrique Prata o fazendeiro que criou o Hospital do Câncer de Barretos

henriqueprata01

Reprodução integral, por meio de imagens, de reportagem da Veja São Paulo, Ano 50, Número 27, 05.07.2017, página 28.

É sobre Henrique Prata, o magnífico e inigualável fazendeiro que criou e administra o imenso, no “tamanho”, na eficiência e na excelência, complexo do Hospital do Câncer de Barretos, e muitos outros hospitais que ele também criou e igualmente administra, em diversas cidade do Estado de São Paulo e vários outros Estados brasileiros.

Conheça-o: Henrique Prata
literalmente Inigualável
 

Depois, clique aqui para conhecer mais sobre o Hospital de Câncer de Barretos, sobre o livro desse inigualável ser humano, e outras informações e curiosidades desse imenso complexo de saúde, especializado no tratamento do câncer, gratuitamente, com atendimentos pelo SUS.

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP

Aeroclube de Sorocaba iniciando novos grupos em cursos para pilotos

Imagem ACS Curso PPA 01

Nos próximos dias o Aeroclube de Sorocaba estará iniciando novos grupos para o Curso de Piloto Privado para Avião, diurno, com aulas em sábados e domingos, e noturno, com aulas de segundas às sextas-feiras.

Os cursos – teóricos e práticos – são homologados pela ANAC e habilitam os candidatos à piloto para voar no comando de aviões. As aulas teóricas têm duração aproximada de 4 meses. As aulas práticas, de voos, podem ser realizadas simultaneamente ou depois do curso teórico, à escolha do futuro piloto.

Alunos de outras cidades podem utilizar os alojamentos do Aeroclube. São simples, mas suficientes para facilitar a realização de seus cursos, permitindo também significativa economia para a permanência em Sorocaba.

Aproveite as últimas vagas – Informe-se:

Aeroclube de Sorocaba
(15) 3223.26273223.2757

De terças-feiras aos domingos.

SORTEIO DE VOOS DE CORTESIA

Para essas duas turmas dois voos de cortesia, de aproximadamente trinta minutos, serão oferecidos gratuitamente para dois alunos, um de cada curso, diurno e noturno, por meio de sorteio realizado em uma das aulas iniciais. Os alunos sorteados voarão com instrutores e serão convidados a interagir no comando da aeronave.

Una-se aos seus novos amigos, com a oportunidade das últimas vagas. Faça a sua inscrição imediatamente. Iniciando agora você estará garantindo a sua futura habilitação como Piloto de Avião.

Amplie seus horizontes, iniciando sua carreira como piloto aéro desportivo e/ou profissional, voando para seu lazer ou profissionalmente, como piloto comercial, credenciado como PPA – Piloto Privado Avião e, depois, como PCA – Piloto Comercial Avião.

As aulas teóricas são regulares, com programações fixas, diurnas, em finais de semana, ou noturnas, de segundas às sextas-feiras, conforme a sua preferência. As aulas práticas, de voo, são programadas por você, escolhendo e marcando seus voos nos seus melhores horários, de terças-feiras aos domingos.

Inicie nos próximos dias a sua carreira como piloto de avião.

Aeroclube de Sorocaba

Avenida Santos Dumont, 1285
Sorocaba – SP – CEP 18065-290

Telefones: (15) 3223.2757 – 3223.2627

Operacional de terças-feiras aos domingos.

contato@aeroclubedesorocaba.com.br

secretaria@aeroclubedesorocaba.com.br

https://www.aeroclubedesorocaba.com.br

Imagem ACS Cabeçalho 10

Imagem ACS Cabeçalho 09

Imagem ACS Cabeçalho 08

Imagem ACS Cabeçalho 07

Imagem ACS Cabeçalho 06

Imagem ACS Cabeçalho 05

Imagem ACS Cabeçalho 03

Imagem ACS Cabeçalho 02

Imagem ACS Cabeçalho 01

Imagem ACS Cabeçalho 04

HISTÓRIA DO AEROCLUBE DE SOROCABA

O Aeroclube de Sorocaba foi fundado em 05 de maio de 1942, por iniciativa de alguns entusiastas que se engajaram na campanha “De Asas Para o Brasil”, então capitaneada pelo jornalista e empresário Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Melo. Seus fundadores foram: Irse Mencacci, Virgínio Montezzo, Floriano Pacheco, Jurandir Baddini Rocha, Paulo Pereira Ignácio, Otaviano Pereira da Silva, Álvaro de Moura, Antônio Lopes Oliveira Filho, José Luiz Pereira, Canavarro Pereira da Cunha Filho e Francisco Weiss.

A criação do Aeroclube teve outros importantes colaboradores, como o Sr. Adolfo Frederico Schleifer, que doou parte do terreno utilizado, e o Capitão Sr. Augusto César do Nascimento Filho, Prefeito Municipal na época, que participou ativamente da sua instalação. O Bispo Dom José Carlos de Aguirre e os Senhores Severino Pereira da Silva, Antônio Pereira Ignácio, Benedicto Manhães Barreto, Francisco Salles Gomes Júnior, Normam Waugh e Luiz Pinto Thomaz foram aclamados patronos do Aeroclube de Sorocaba, pelas suas contribuições.

O primeiro hangar, projetado pelo Engenheiro Alexandre Albuquerque, da Politécnica, foi coberto com armação em tesouras de madeira com 25 metros de extensão, sendo na época o maior vão livre do Brasil, batendo o recorde anterior de 23 metros.

O primeiro avião do Aeroclube foi doado pelo empresário pernambucano Sr. Valentim Bouças. Era um Piper monomotor de fabricação norte-americana, modelo CUB, matrícula PP-TMA. O primeiro instrutor de pilotagem foi o Sr. José Mesquita de Barros. O primeiro piloto brevetado pelo Aeroclube foi o Sr. Benedito Almeida Santos.

Grandes personalidades passaram pela Escola de Pilotagem do Aeroclube de Sorocaba, entre elas o célebre Alberto Bertelli, que foi um dos seus instrutores, e conseguiu grande projeção no Brasil como piloto de acrobacia aérea. Outros tantos pilotos da aviação comercial e militar iniciaram carreira no Aeroclube de Sorocaba, a exemplo do Ex-Presidente do Superior Tribunal Militar de Brasília, Ministro e Tenente Brigadeiro Cherubim Rosa Filho, que foi aluno da Escola de Pilotagem, com a matrícula de número 22.

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP

Nuvens, formação, classificação e detalhes

tipos de nuvens

Para o cotidiano do cidadão, os comentários e imagens que seguem são úteis como curiosidades, entretanto, são informações e detalhes voltados principalmente para o iniciante na aviação, que pretende seguir a carreira de piloto, neste caso sendo matéria de estudo dedicado e maior aprofundamento.

Conheça todos os detalhes, com imagens, no arquivo “pdf” que segue: Nuvens Formação Classificação e Detalhes.pdf

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP

Lições da Finlândia na Educação Pública

liçõesfinlândia

Na área da educação, conheça a seguir um importante vídeo com 07m57s enriquecedores.

É excelente para os integrantes do nosso Ministério da Educação, seus gestores e dirigentes educacionais, diretores, educadores, professores … e todos nós.

Nele são comentados os resultados do sistema educacional implantado da Finlândia, descrevendo em detalhes o chamado “milagre educacional finlandês” e seus resultados práticos. Vale a pena conhecer por completo, com especial atenção.

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP

Para que um TSE tendo a Câmara, o Senado e o Congresso

TSE e STF e Politicos 03

Para que precisamos de um Tribunal Superior Eleitoral – TSE, se temos uma Câmara, um Senado e um Congresso executando as mesmas “atividades”, com iguais decisões políticas que ignoram a Constituição e a legislação?

É clamoroso o conhecimento de que, com raras exceções, os nossos “políticos” eternamente sobrepõem seus interesses pessoais e corporativos às necessidades da nação, desconsiderando a legislação e ignorando a Constituição, ao, no Congresso, no Senado e na Câmara, praticarem deliberações e julgamentos conduzidos unicamente por seus interesses políticos, geralmente aéticos, e raramente segundo os mandamentos das leis, que só observam quando coincidentemente atendem aos seus “clamores”, além de sempre se comportarem como seres mal-educados, rebeldes e baderneiros, como se arregimentados em “creches”, “parques” e “redutos” de irresponsáveis! É isso que transmitem com seus atos, permitindo tais entendimentos.

Assim, mediante esses fatos inegáveis e comprovadamente sempre acontecendo, pergunta-se; tendo os “políticos” agindo nas três “casas”, qual é a necessidade e utilidade de termos um Tribunal Superior Eleitoral, que, novamente se provou, age na mesma linha e de mesmo modo que os “políticos”, vergonhosamente mantendo “na gaveta” a Constituição e toda a legislação que deveriam defender? A realidade escancarada e a experiência exercida denunciam e provam que não precisamos desse insipiente tribunal! Assim, igualmente, também não necessitamos dos seus ministros.

Por essas razões defendo que o TSE deveria ser transformado em um simples cartório eleitoral, nada mais que isso, administrado por servidores públicos e profissionais qualificados, e não por juristas elevados ao “endeusamento” de “ministros”, como se auto considera o seu imprudente presidente!

É certo e reconhecido que temos nos atuais tribunais de justiça diversos ministros se esforçando e tudo fazendo para manter a honra e a dignidade de seus cargos, por meio de julgamentos que procuram respeitar a legislação e a Constituição Brasileira, delas se tornando, de fato e de direito, seus guardiões! Em contraposição, é inegavelmente demonstrado que, junto daqueles, atuam outros “ministros”, que pugnam por envergonhar seus pares e os cidadãos, ao conduzir seus julgamentos sob o predominante, vergonhoso e delituoso cunho político, partidário, empresarial e de auto interesse, se colocando na condição de obscenos defensores dos corruptos, corruptores e criminosos políticos e empresariais.

Todos eles são conhecidos! Não há como ignorar ou “fazer de conta” que não sabemos seus nomes! É similar ao declarado pelo ministro Herman Benjamin, do TSE; “Só os índios não contatados da Amazônia não o sabem”!

No STF labutam com “glamorosa” avidez na proteção de corruptos; Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, estes os “campeões das ‘incômodas’ decisões”, e Gilmar Mendes, o mais incoerente de todos, aos quais invariavelmente se junta o Marco Aurélio, e, agora, recentemente alçado às mesmas condições, o Alexandre de Moraes, que também já mostrou que foi indicado para fazer parte desse mesmo “time”, e provou que o está “honrando”!

No TSE, que hoje, 09.06.2017, conseguiu provar ser totalmente inexpressivo e desnecessário, em razão de apenas replicar os “feitos” dos “políticos”, temos o mesmo impagável e prolixo Gilmar Mendes, o Napoleão Nunes Maia Filho e, também agora acrescentados ao “time” dos protetores da corrupção, Admar Gonzaga Neto e Tarcisio Vieira de Carvalho Neto. Estes e os anteriores, do STF, formam um coeso “time” digno do título que demonstram fazer questão de ostentar: “Campeões na proteção de corruptos, corruptores e criminosos”!

No julgamento da “Chapa Dilma e Temer”, os quatro citados “ministros” do TSE, Gilmar Mendes principalmente, envergonharam clamorosamente seus pares, comprovando que lá sempre estiveram, e estão, para defender os criminosos, a corrupção e os corruptos, haja o que houver, aconteça o que acontecer, ainda que para isso tenham que “rasgar” a Constituição e fazer de conta que não existem outras leis! Provaram e comprovaram que lá chegaram e foram “entronados” exclusivamente para defender os políticos que os indicaram e tramaram sua admissão e posse!

Foi e é vergonhoso! Não é difícil imaginar como estão se sentindo os demais juristas brasileiros sérios, juntamente com os ministros Cármen Lúcia, Celso de Mello, Rosa Weber, Roberto Barroso, Luiz Fux, Edson Fachin e Antonio Herman Benjamin! Por culpa de seus “parceiros”, deve ser difícil a eles encarar os cidadãos brasileiros!

Quanto tempo ainda teremos que suportar a utilização desse viciado sistema, de políticos, na maioria corruptos, indicarem para cargos decisórios os juristas, nem sempre competentes e às vezes suspeitos, que invariavelmente se transformam em seus vergonhosos escudeiros?

Qual a razão de não trocarmos imediatamente esse espúrio sistema, para a rígida exigência de condições qualitativas mínimas para inscrição e participação em concursos públicos, para classificar e indicar os nossos defensores judiciais? Para este leigo, essa é a única forma do nosso judiciário se tornar realmente neutro e independente!

Clamo por urgência nessa atitude, antes que as atuais condições e situações continuem avançando, e levem ao caos, transformando o Brasil em “mais uma Venezuela” para a América do Sul!

É o que pensa este cidadão, mais um, altamente envergonhado pela enorme e maciça maioria dos nossos incompetentes “políticos”, e pelo significativo número de parciais “ministros da justiça”!

Por meio dos respectivos sites, este texto foi transmitido na íntegra para:

 –   STF – http://www.stf.jus.br/portal/principal/principal.asp

 –   TSE –  http://www.tse.jus.br/

 –   STJ – http://www.stj.jus.br/portal/site/STJ

 –   Senado Federal – http://www12.senado.leg.br/hpsenado

 –   Câmara Federal – http://www2.camara.leg.br/

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP
09.06.2017

 

Intrépidos desbravadores do ar até os altamente técnicos de hoje

A380e14BIS

VOANDO

Dos intrépidos desbravadores do ar, até os altamente técnicos de hoje.

Se você é um iniciante aficionado da aviação, poderá gostar de conhecer um pouco da história sobre o desbravamento do ar, por meio dos ousados “voos dos balões e das máquinas mais pesadas que o ar” e seus pioneiros e intrépidos pilotos.

Aliás, se pretende aprender a pilotar e voar, conseguindo a sua credencial de Piloto de Avião, uma parte do assunto abordado integrará as matérias teóricas que terá que estudar. O restante passará a fazer parte do seu cotidiano!

No arquivo “pdf” que segue, experimente “voar” um pouco sobre a história da aviação: Intrépidos e Técnicos Voando.pdf

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP

O magnífico Airbus A380 o maior avião comercial do mundo

Airbus A380 13

Airbus A380 – O maior avião comercial do mundo.

(Clicar sobre as imagens exibe ampliações)

O magnífico A380 da Airbus é uma aeronave widebody, quadrimotor a jato, fabricado pela EADS Airbus para o transporte de passageiros e cargas.

Seguem algumas das suas especifições técnicas.

Comprimento: 73 m
Capacidade de carga: 184 m³
Autonomia de voo: 15.200 km
Envergadura: 80 m
Velocidade máxima: 1.020 km/h
Velocidade de cruzeiro: 907 km/h
Tipo de motor: Turbofan (Combina o máximo possível de silêncio com a melhor eficiência, rentabilidade e segurança.

A quantidade de passageiros pode ser de 407 a 853, conforme a versão preferida pelos compradores.

Em fevereiro de 2017 a Airbus já havia recebido 317 pedidos confirmados, e entregue 208 aeronaves.

Airbus A380 01

O A380 pousando em Toulouse,
após concluir seu primeiro voo, na etapa de testes.

Airbus A380 02

Em sua pintura original.

Airbus A380 03

Um A380 da Emirates, em aproximação final.
Só a Emirates tem hoje 93 aeronaves A380
voando, e mais 142 encomendadas
.

Airbus A380 03a

Um A380 da Qatar Airways em aproximação final.

Airbus A380 04

Um A380 da Singapore Airlines
em preparação para decolar.

Airbus A380 05Seção transversal da aeronave, com o compartimento
de carga na parte inferior (roxo), os assentos da classe
econômica na parte intermediária, e a Classe business
localizada no andar superior.

Airbus A380 14

Uma das versões na configuração
de assentos para passageiros.

Airbus A380 06

A parte de baixo da fuselagem
de um A380 da Singapore Airlines.

Airbus A380 07

O A380 no aeroporto de Le Bourget,
em exibição durante Show Aéreo de Paris.

Airbus A380 08

Um A380 da Qantas pousando.

Airbus A380 09

O exuberante cockpit da aeronave.

Airbus A380 10

Classe business em um A380 da
Emirates, localizada no andar superior.

Airbus A380 11

Classe econômica de um A380 da
Air France, localizada no andar intermediário.

Airbus A380 12

Bar em um A380 da Emirates.

Airbus A380 15

O voo do gigante.

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP

Tempos Extremos Livro de Míriam Leitão

temposextremoslivro01

LIVRO – TEMPOS EXTREMOS – MÍRIAM LEITÃO

Editora Intrínseca – 2014 – 270 Páginas

Gostei muito do livro mais recente da Míriam Leitão, “A verdade é teimosa”, deste 2017, principalmente pelo estilo da autora, claro e objetivo, fato que ativou minha curiosidade e me fez “mergulhar” na leitura de seu livro anterior, lançado em 2014, “Tempos extremos”, apresentado como romance, mas que adentra em importantes fatos históricos brasileiros, e outros envolvimentos! Gostei, bastante. É muito bom!

Nele predomina o romance histórico, retornando à nossa época escravagista, com um bom drama, envolvendo alguns dos personagens com o período da nossa ditadura militar, em forma bastante realista, também se mantendo na atualidade e, adicionalmente, criando envolvimentos espiritualizados, neste caso com criatividade um tanto além de limite razoável, em minha opinião, mas sem comprometer o conjunto, tudo isso enquanto relata a história de uma família, na qual uma longeva senhora aniversariante reúne seus filhos, netos e bisnetos em uma antiga e tradicional fazenda mineira, que um dos personagens havia adquirido, daí surgindo dramas variados, com idas e vindas no tempo e na história, de forma agradável e atraente.

É leitura cativante, fantasiando um pouco para relembrar muito de algumas importantes ocorrências históricas brasileiras verdadeiras, principalmente da escravatura e da ditadura militar. Vale a pena ler!

Conheça também: Livro – A verdade é teimosa – Mírim Leitão.

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP

A verdade é teimosa – Miriam Leitão

livromiriamleitao

A VERDADE É TEIMOSA – MÍRIAM LEITÃO

Editora Intrínseca – 2017 – 372 Páginas

Para quem quer conhecer um pouco mais sobre os mínimos acertos e os incontáveis erros e falcatruas dos políticos, na política e na economia nacional, por meio de sólidas observações, constatações, estudos, projeções, previsões, denúncias e comentários inteligentes, sérios, muito bem articulados e resumidos, este livro é o ideal.

Lançado em fevereiro de 2017 pela também escritora Miriam Leitão, economista, jornalista de TV, rádio, jornal, mídia digital, colunista do jornal “O Globo”, e outras mídias, premiadíssima em sua profissão e atividades, o livro apresenta uma coleção de 118 colunas, selecionadas entre suas mais de 1800 publicadas entre abril de 2010 e novembro de 2017, formando um cativante e eficiente compêndio histórico da política e da economia brasileira dos últimos anos.

Com eficiência e seriedade ela informa, comenta, sugere, faz previsões, que na maioria acontecem, e, principalmente, denuncia, desmascara e esclarece as muitas mentiras criadas e divulgadas pelos políticos, na ânsia de conseguir atingir seus objetivos, desonestos em grande número deles.

É leitura sadia e proveitosa. Informa esclarecendo. É imperdível.

Comentário de contracapa do livro: “Não há governo que pare de pé quando o governante provoca uma grave crise econômica. Nos últimos anos o Brasil enfrentou uma recessão severa, com um rombo inédito nas contas públicas e aumento do desemprego, levando ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. Para a jornalista Míriam Leitão não houve surpresa, pois o governo fechou os ouvidos a todos os alertas. Neste livro encontram-se 118 textos produzidos desde 2010, que demonstraram que não adianta brigar com os fatos. A verdade é teimosa e aparece mesmo depois de ser encoberta por malabarismos estatísticos e retóricos. Míriam joga luz sobre o passado recente, sem perder a esperança no futuro.

Conheça também: Livro – Tempos extremos – Míriam Leitão.

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP

O país onde os professores podem se transformar em celebridades

professorescoreanos

O país onde os professores podem se transformar em celebridades milionárias: Coreia do Sul.

Reprodução integral de matéria da BBC, publicada em 29.01.2017, em http://www.bbc.com/portuguese/internacional-38693025

(Minha observação – Paulo Dirceu Dias: conforme constatarão na matéria que segue, certamente há na Coreia do Sul um exagero prejudicial em relação às cargas horárias e às fortes exigências impostas aos seus jovens, entretanto, também existirá um “meio termo”, que permitirá conhecer os métodos utilizados por eles, e outros países que também se destacam na educação, a exemplo da Finlândia e Polônia, entre diversos outros, para orientar as modificações que necessitamos e podemos implementar para o Brasil! No final da matéria veja a indicação de outros textos que abordam o mesmo assunto, principalmente a respeito de um excelente livro sobre esse tema.)

Cha Kil-yong é conhecido como Mr. Cha. Ele parece um ator famoso ou uma estrela pop, mas, na verdade, ele é um professor de matemática, o mais famoso da Coreia do Sul.

Cha recebeu a reportagem da BBC durante uma sessão no cabeleireiro, enquanto se preparava para uma aula online.

Durante a entrevista, parte de um documentário da BBC sobre ensino, o professor descreveu o penteado que fazia como “fogo artificial”, para “ensinar os estudantes sobre a paixão que tenho pelo ensino”.

Cha usa roupas extravagantes, perucas e faz caretas enquanto ensina equações complicadas. Tudo para entreter e motivar os estudantes.

Quando não está dando aulas, pode ser visto junto com outros ídolos dos sul-coreanos, como uma cantora pop com quem gravou uma música que pedia que os alunos sorrissem enquanto se preparam para a grande prova de suas vidas: o KSAT, exame para qual os alunos estudam intensamente durante três anos e que pode abrir as portas das universidades do país, determinando assim o futuro de todo adolescente.

Professor e rei

Na Coreia do Sul os professores estão entre os membros mais respeitados da sociedade. Um provérbio antigo afirma que o professor e o rei têm o mesmo status, e outro garante que ninguém deveria sequer pisar na sombra de um professor (Negrito: destaque meu).

Os estudantes mais talentosos querem entrar nas cobiçadas faculdades de magistério, que selecionam os melhores entre milhares de candidatos.

E se os professores também são bons de mídia, podem chegar a se transformar em celebridades milionárias.

Cha, por exemplo, fez fortuna em apenas seis anos, ensinando em uma escola particular online que conta com 3 milhões de jovens inscritos, que pagam cerca de US$ 22 por mês (cerca de R$ 70) para assistir suas aulas de matemática.

Obsessão nacional

A Coreia do Sul é um dos países da Ásia que frequentam os primeiros lugares dos rankings globais de educação, como as provas do PISA, por exemplo.

O país tem um dos sistemas de educação mais bem-sucedidos do mundo em termos resultados, mas também um dos mais severos.

Na Coreia do Sul muitos jovens estudam desde as 8h da manhã até as 11h da noite e os pais gastam fortunas com escolas particulares.

“Há 60 anos quase 80% dos sul-coreanos eram analfabetos”, conta Sian Griffiths, editora do jornal britânico Sunday Times e apresentadora do documentário da BBC.

Cha Kil-young, ou Mr. Cha, não poupa estratégias para suas aulas de matemática online, usando até fantasiasDireito de imagemCHA KIL-YOUNG/YOUTUBE

Cha Kil-young, ou Mr. Cha, não poupa estratégias para suas aulas de matemática online, usando até fantasias.

“Hoje a Coreia do Sul é um gigante econômico. E eles conseguiram isto através da educação.”

Com isso, a sociedade e as famílias consideram o sucesso acadêmico algo primordial para a vida dos jovens e para o futuro do país.

E para conseguir isso eles estão dispostos a fazer grandes sacrifícios.

Aula depois da aula

Depois de terminar as seis ou sete horas que passam na escola, a maioria dos estudantes sul-coreanos vai estudar mais horas em bibliotecas ou academias particulares noturnas, chamadas hagwon, que são parte fundamental da gigantesca indústria de educação do país.

Estas hagwon usam os “professores estrelas” para atrair mais alunos. São tão populares e competem de um jeito que o governo teve que intervir e legislar que as hagwon deveriam parar com as aulas às 10h da noite.

Mas, mesmo com este limite de horário, muitos alunos continuam estudando em casa ou voltam para os colégios, que podem continuar abertos até a meia-noite.

A BBC seguiu um destes alunos, Young Chan, nesta rotina movimentada.

“Descobri que me ajuda muito repassar no colégio o que aprendi no dia. A biblioteca perto de casa abre até as 10h da noite, por isso, se quero estudar mais, volto ao colégio e fico até meia-noite.”

Neste dia, depois da escola, Chan participou de uma sessão de estudos de cinco horas na biblioteca local, mas antes teve que ficar em uma fila, pois a entrada estava muito concorrida.

O pai trabalha longe da família durante a semana para pagar os estudos de Chan.

“Da perspectiva ocidental, é um sacrifício enorme. Mas na Coreia, se separar da família para poder pagar a educação dos filhos é muito comum”, disse.

Estudantes mais infelizes

Estudantes mais jovens fazem festa para receber os mais velhos que vão prestar o decisivo KSAT na Coreia do Sul

A ideia de que se você não tem sucesso nos estudos não terá na vida exerce uma pressão enorme nos jovens sul-coreanos.

As obrigações escolares quase não deixam tempo para que eles possam dormir, brincar ou socializar. E, segundo os próprios resultados do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), os estudantes sul-coreanos são os mais infelizes do ranking.

Os segredos de Cingapura, apontado como o país com a melhor educação do mundo

E um dos sintomas é a alta taxa de suicídios, a mais alta dos países industrializados, na faixa etária dos dez aos 30 anos.

Do Yen Kim estudou 16 horas por dia durante três anos para poder entrar na famosa Universidade de Seul. Ao falar com a BBC a respeito desta época de sua vida, se emocionou. Vários de seus amigos não aguentaram a pressão e cometeram suicídio quando tinham apenas 15 ou 16 anos.

A competição era muito dura“, lembra.

Muitos também criticam o autoritarismo e a falta de criatividade no modelo de ensino do país.

O ex-ministro da Educação sul-coreano Ju Ho Lee afirmou que já é hora de fazer mudanças no sistema escolar para preparar a próxima geração.

“Nossas crianças talvez vão precisar de uma série de habilidades diferentes dos meros resultados numéricos. Deveriam ser fomentadas a comunicação, a colaboração e a criatividade”, explicou.

Mas, por enquanto, os professores “popstar” como Mr. Cha podem continuar construindo um império graças à obsessão nacional pelos resultados acadêmicos.

Livro – “As Crianças Mais Inteligentes do Mundo”

Reflexão: A Educação e Nossos Descendentes!

Nosso Sistema Educacional e Propostas

Paulo Dirceu Dias
paulodias@pdias.com.br
Sorocaba – SP